Magia do Olfato

08-02-2022

Magia do Olfato

O sentido do olfacto age principalmente no nível subconsciente, pois os nervos olfactivo estão diretamente ligados à parte da mais primitiva do cérebro, o sistema límbico. Segundo os mais recentes estudos, os aromas são aspirados e causam uma sensação olfactiva, que é fruto do reconhecimento das moléculas componentes dos aromas, feita nos receptores olfactivos, causando um impulso nervoso que atua diretamente no sistema límbico, estimulando o sentido polisensorial. O sistema límbico, é a parte do cérebro que regula a atividade sensorio-motora e é responsável pelos impulsos primitivos da fome, sede e sexo. O estímulo do bulbo olfactivo envia sinais elétricos para a região do sistema límbico responsável pelos mecanismos viscerais e comportamentais, afetando diretamente o sistema digestivo, sexual e o comportamento emocional.

Recepção: ao serem aspiradas pela narina as moléculas dos óleos essenciais são aquecidas, umidificadas e captadas pelos receptores do epitélio olfactivo. Cada molécula é captada por um sitio receptores, iniciando-se uma sequência de reações químicas e originando impulsos elétricos.

Transmissão: após a recepção, as moléculas odoríferas são eliminadas. Neste momento as informações olfactivas passam a ser transmitidas ao cérebro através dos neurónios olfactivos. 

Identificação: as informações chegam ao rinencéfalo, onde em uma de suas estruturas, o bulbo olfactivo, ocorre a percepção e identificação do aroma e através de sinapses, as informações são retransmitidas o Sistema Límbico.  

Crie o seu site grátis!